Tenha em atenção

Atividades

Publicações

O Museu Pio XII, no âmbito da missão desenvolvida pelo Instituto de História e Arte Cristãs (IHAC), reúne um conjunto de publicações que visa promover a inventariação, estudo e divulgação do espólio do Museu e da Arquidiocese de Braga.

Esta Fundação cultural da Arquidiocese de Braga, apoiada na extensão bracarense da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa e no Seminário Conciliar de S. Pedro e S. Paulo da Arquidiocese de Braga procura promover a inventariação, recolha, organização, conservação, restauro, estudo e investigação do Arquivo Arquidiocesano de Braga e dos valores artísticos e arqueológicos que são património da Igreja Arquidiocesana de Braga.

Ao mesmo tempo, colabora na conservação, enriquecimento e beneficiação dos Museus Pio XII e Medina.

Desde 2017 o Museu Pio XII tem promovido ainda uma coleção de publicações dedicadas a artistas contemporâneos.

Activities

Publications

The Pius XII Museum, in the context of the mission developed by the Institute of Christian History and Art (IHAC), brings together a set of publications that aim to promote cataloguing, studying and disseminating the Museum's legacy. This Cultural Foundation of the Archdiocese of Braga, supported in the extension of the Faculty of Theology of the Catholic University of Portugal and the Conciliar Seminary of São Pedro and São Paulo of the Archdiocese of Braga, aims to promote cataloguing, collecting, organising, conserving, restoring, studying and researching the Archdiocesan archive of Braga and the artistic and archaeological values that are a heritage of the Archdiocesan Church of Braga.

At the same time, it collaborates towards conserving, enriching and improving the Pius XII and Medina Museums.

Since 2017, the Pius XII Museum has also promoted a collection of publications dedicated to contemporary artists.

Tenha em atenção

Visitar

Tenha em atenção

O Museu Pio XII tem todo o prazer em receber a sua visita. O pessoal do Museu está pronto a acolhê-lo e a prestar todo o tipo de informação e assistência.

Mas tenha em atenção as informações seguintes, para melhor planear a sua visita.


Casacos, guarda-chuvas e bagagem
Todos os objetos de grande volume (mochilas, malas de viagem, pastas ou malas ou sacos de compras…) devem ser deixados na receção. O mesmo se diga de guarda-chuvas, instrumentos musicais, etc.
Carrinhos de criança são permitidos no museu. No entanto, mochilas de bebé poderão ser inspecionadas.
Perceberão os visitantes que uma das grandes funções do pessoal do Museu é proteger o espólio do próprio Museu, assumindo os comportamentos consentâneos com esse objetivo.

Máquinas fotográficas ou smarphones
A fotografia para uso pessoal e não comercial é permitida, salvo indicação em contrário. Entretanto, as fotografias devem ser tiradas sem recurso a flash.
O uso de tripés e postes de extensão de câmara é proibido.

Desenhos
A pessoa que pretenda fazer desenhos de espaços ou peças existentes no Museu deve solicitar autorização à entrada, na receção. O Museu reserva-se o direito de autorizar, ou não. Lápis, cadernos de esboços e cadernos são permitidos. No entanto, canetas, tintas e cavaletes não são permitidos.

.